mediaveritas

mediaveritas

Cimeira da Literacia


No dia 15 de Maio, a Associação Portuguesa de Imprensa e o projecto Media Veritas organizaram uma cimeira da literacia, que decorreu online ao longo de todo o dia. 

O programa deste webinar, apresentado por João Palmeiro, Presidente da API, começou com uma mensagem video enviada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que incluia uma “saudação solidária e militante” às várias centenas de inscritos para assistir a esta cimeira sobre a desinformação, a manipulação jornalística e as fakes news em tempo de pandemia.

Para Marcelo Rebelo de Sousa, o tema desta cimeira “é uma causa de Portugal” e não uma “causa corporativa da classe”. Num tempo de crise social, causada pelos efeitos da pandemia do coronavírus, e que agravou a crise no sector dos media, Marcelo Rebelo de Sousa deu um sinal de optimismo: “Podemos estar a um passo de dar um sinal pequeno, experimental, de um caminho mais vasto a fazer.”

Na sessão da manhã, o debate centrou-se, precisamente, nas possibilidades que poderia ter esse caminho sinalizado pelo Presidente. Numa conversa animada, moderada por Jorge Castilho, da API, que começou com uma análise sobre o impacto das fake news na pandemia, Paulo Pena, jornalista, Gustavo Cardoso, do Media Lab ISCTE e presidente OBERCOM e Helena Martins, Public Policy Manager da Google, debateram vários outros temas críticos do presente. Da publicidade direccionada, que mudou uma das principais fontes de financiamento tradicionais do jornalismo, aos desafios que a crise coloca às redacções no futuro. 

Uma das propostas apresentadas foi a de incluir os principais actores (das grandes plataformas online mundiais, como o Google e o Facebook, aos Estados e aos mecenas locais) na criação em Portugal de um fundo de investimento específico para projectos jornalísticos - que garanta a possibilidade de financiar, com prazos de amortização longos e juros baixos, projectos jornalísticos tradicionais, mas também novos projectos que não conseguem lançar-se por não obterem crédito ou financiadores a fundo perdido.

A sessão terminou com uma intervenção de Nuno Artur Silva, secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, que acaba de lançar o primeiro apoio estatal aos media, através do investimento de 15 milhões de euros em publicidade institucional repartido proporcionalmente pelos meios e grupos que mais publicidade captaram no ano anterior.

Da parte da tarde, o tema foi “o combate à desinformação nos meios regionais e na comunidade educativa”. Pedro Jerónimo, Re/Media.Lab Universidade da Beira Interior, Mauro Figueiredo, Milage Aprender + Universidade do Algarve, Paula Sofia Luz, Sindicato dos jornalistas e Alexandre Nilo Fonseca, Movimento MUDA procuraram analisar este fenómeno, que está longe de se circunscrever aos media generalistas nacionais.

 

Pode rever aqui a Cimeira:

 

https://www.facebook.com/APImprensa/videos/190020318780658/